Róger Guedes não topa ir para Fluminense e mela negócio de Scarpa com Palmeiras

Negociação entre as partes esfria depois de o atacante, que seria envolvido na transferência, não aceitar trocar o Verdão pelo Rio de Janeiro

Gustavo Scarpa chegou a estar perto de ser jogador do Palmeiras. Mas o “não” de Róger Guedes ao Fluminense atrapalhou a negociação. O atacante não quis se transferir para o clube carioca. Sendo assim, a transação esfriou e dificilmente será retomada.

Há uma semana, consultado pelo Fluminense a respeito da possibilidade de empréstimos de jogadores, o Palmeiras definiu Scarpa como contrapartida. Além de Róger Guedes, a ideia era que o meia Hyoran também fosse para o Fluminense.

Em baixa no Palmeiras, Róger Guedes vinha sendo sondado por outros clubes e tratado como moeda de troca. Apesar de o atacante não ter aceitado o acordo para atuar pelo Fluminense por empréstimo, a tendência é de que ele não siga vestindo a camisa alviverde em 2018.

Gustavo Scarpa era um desejo antigo e quase se transferiu para o Palmeiras no final do ano passado, porém acabou renovando contrato com o Fluminense até setembro de 2020.

Agora, ainda que o meio de campo não seja um setor carente, sobretudo depois da contratação de Lucas Lima, o Palmeiras via nele um negócio de oportunidade e também uma forma de evitar que rivais – como São Paulo e Corinthians, outros interessados – se reforçassem com um jogador de qualidade como Gustavo Scarpa.