O ex-goleiro Marcos, um dos personagens mais icônicos do futebol brasileiro, participou de programa esportivo no canal ESPN.

Muito bem humorado, o ex-goleiro relembrou briga com Felipão, atual técnico do Palmeiras, e disse que tentou atropelá-lo na concentração momentos depois de ser cortado da partida contra o Cruzeiro em 1999.

“Naquela época você torcia o tornozelo e achava até bom ‘pô, vou ficar em casa uns dois dias’. E o Felipão tinha aquele negócio de esconder o time, mas eu dei uma entrevista antes e falei que não ia jogar porque estava com o o tornozelo torcido (risos)”, disse o pentacampeão.

“Só que o Felipão me levou para o jogo. Entrei no ônibus ‘p…’, porque dei entrevista que não ia jogar. Aí o Felipão mandou todo mundo descer do ônibus e me deu uma dura ‘Não era para você falar, seu moleque’. Aí pegou e me tirou fora. Aí fui para o estacionamento e quando eu tô voltando, o Felipão tá atravessando entre o ônibus… eu joguei o carro para atropelar ele (risos). O Felipão deu um pulo, nem sei se ele lembra disso (risos)”, brincou o ex-goleiro.

O curioso é que depois desse desentendimento, o treinador assumiu a seleção, convocou Marcos e ambos foram Campeões do Mundo.