O jornalismo esportivo está de luto. Paulo Lang, filho do jornalista Chico Lang, pulou da janela do banheiro e se matou aos 23 anos. Estava perto de fazer 24.

Os Bombeiros receberam chamadas para socorrer um jovem na Vila Pompeia, em São Paulo. Ao chegarem lá, um médico, morador do prédio, já havia atestado a morte do garoto.

Chico Lang, muito abatido, postou em suas redes sociais lamentando a morte do garoto.

“Meus amigos. Paulinho morreu. A ordem nautral das coisas se inverteram. Um pai enterrar um filho é antinatural e dói demais no corpo e na alma. Gostaria sinceramente que fosse ao contrário. Deu um fim à própria vida com 23 anos. Dia 16 próximo faria 24. O dia mais feliz da minha existência foi quando ele nasceu, 16 de dezembro de 1994. O mais triste, quando faleceu, 9 de dezembro de 2018”, escreveu.

“Ficam os bons momentos, os beijos carinhosos, o sorriso alegre e espontâneo, o abraço amigo, os cigarros cubanos, os bons vinhos, os debates políticos, filosóficos e psicológicos. E uma saudade imensa. Todo o resto é bobagem. Poder, dinheiro, inveja, ciúme, vaidade e cobiça. Que Deus o tenha. Amém”, adicionou.

Chico Lang é conhecido pelo seu lado alvinegro. Corintiano fanático, sempre brincou com o Palmeiras e sua torcida.

Fique em paz, Chico!

Comentários

comentários