A Vivo passou dos limites ao desrespeitar o Palmeiras. Em apresentação feita por executivo da empresa, uma brincadeira humilhando a história do Alvivrrde vazou e foi parar na internet.

A hashtag #BoicoteVivo atingiu os tranding topics do Twitter. Virou assunto principal no Brasil.

Com imagem arranhada e queda grande no número de clientes, a Vivo emitiu nota pedindo desculpas.

“A Vivo informa que o vídeo em questão, retirado de uma apresentação interna da companhia e reproduzido fora de seu contexto, não representa a opinião de seu presidente ou da empresa. A Vivo pede desculpas àqueles que se sentiram ofendidos e reitera seu respeito pela Sociedade Esportiva Palmeiras e seus torcedores”, emitiu.

O Palmeiras Online participou ativamente do boicote e encaminhou email para executivos da empresa pedindo retratação.