O jogador Deyverson, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe Botafogo FC, durante partida valida pela segunda rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, na Arena Allianz Parque.

O Palmeiras venceu o Botafogo-SP pelo placar de 1 a 0. Deyverson marcou o único gol alviverde na partida. O triunfo levou o Alviverde aos primeiros três pontos na temporada.

O jogo

Felipão optou por Zé Rafael e Bruno Henrique. Thiago Santos também começou a partida como titular. O trio com Dudu e Scarpa melhorou bastante quando o treinador optou por inverter as posições. Dudu caiu pela direita e levou muito mais perigo.

Aos 17, Dudu conseguiu balançar as redes, mas estava em posição de impedimento. A torcida protestou bastante.

Aos 20, o gol palmeirense. Bruno Henrique bateu falta com força. A bola passou pela barreira, o goleiro soltou e Deyverson aproveitou. Mesmo marcado, o centroavante palmeirense finalizou bem: 1 a 0.

O time mostrou cansaço e evitou evoluir muito. Gustavo Scarpa era o jogador mais produtivo, e a primeira etapa terminou com o Verdão na frente.

No intervalo, Felipão sacou Dudu e colocou Carlos Eduardo, promovendo a estreia. Ainda durante a segunda etapa, Felipe Melo entrou no lugar de Gustavo Scarpa.

O volante Bruno Henrique fez excelente partida, mas perdeu pênalti. Carlos Eduardo fez bela jogada e foi derrubado. O palmeirense perdeu.

No final do jogo, já com cansaço evidente, o Verdão trocou passes e segurou o ímpeto do adversário.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 0 BOTAFOGO-SP

Local: Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 23 de janeiro de 2019, quarta-feira
Horário: 21 horas (Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Público: 23.752 torcedores
Renda: R$ 1.272.384,60

Cartões amarelos: Marcos Rocha (PALMEIRAS); William Oliveira (BOTAFOGO-SP)

GOL
PALMEIRAS: Deyverson, aos 20 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Thiago Santos, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Felipe Melo); Dudu (Carlos Eduardo), Zé Rafael (Lucas Lima) e Deyverson
Técnico: Luiz Felipe Scolari

BOTAFOGO-SP: Rodrigo Viana; Lucas Mendes, Ednei, Plínio e Pará; Leonan, Willian Oliveira, Diones e Renan Oliveira (Marlon Freitas); Pimentinha (Jean Silva) e Bruno Moraes (Rafael Costa)
Técnico: Léo Condé