O jornalista Ricardo Eugênio Boechat morreu nesta segunda-feira aos 66 anos em São Paulo. O jornalista sofreu acidente com helicóptero, que caiu em uma rodovia. Além de Boechat, o piloto da aeronave também não resistiu.

Boechat apresentava o Jornal da Band e trabalhava na Rádio Band News FM. Passou por diversos veículos, inclusive pela TV Globo, onde foi um dos pioneiros do jornal “Bom Dia Brasil”.

José Luiz Datena, apresentador da Band, anunciou a morte do amigo ao vivo na televisão.

“Com profundo pesar, desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, amigo, pai de família, companheiro, que na última quarta, que eu vim aqui apresentar o jornal, me deu um beijo no rosto, fingido que ia cochichar alguma coisa, e, no fim, brincalhão como ele era, falou: “É, bocão, eu só queria te dar um beijo”. Queria informar aos senhores que o maior âncora da televisão brasileira, o Ricardo Boechat, morreu hoje num acidente de helicóptero, no Rodoanel, aqui em São Paulo. Ele foi a Campinas fazer uma palestra e o helicóptero que ele estava não chegou ao seu destino, que era o heliporto da Band. Ele caiu no Rodoanel e bateu num caminhão e as pessoas, segundo informações iniciais, teriam morrido na hora”.

Futebol na veia

O jornalista era apaixonado por futebol. Flamenguista assumido, comentava sobre diversos casos do mundo da bola em seus programas. Chegou a cobrir Copa do Mundo pela TV Globo ao lado do jornalista Renato Machado.

O Palmeiras Online lamenta profundamente a morte do jornalista. Confira as últimas palavras do jornalista antes da viagem que deu fim à sua vida.

  Palmeiras: Galiotte indica atitude que pode tomar sobre Mattos. Confira!