O Palmeiras está preocupado com eventual saída do colombiano Miguel Borja. Alvo do futebol chinês, o atleta pode deixar o Verdão ainda durante o semestre.

Buscando um centroavante de ofício, a diretoria palmeirense consultou o empresário de Diego Tardelli que, atualmente, negocia seu retorno ao futebol brasileiro, especialmente com o Grêmio. A abertura dos valores do negócio assustou, escreveu o jornalista da ESPN, Jorge Nicola.

Os gaúchos ofereceram R$ 34 milhões fixos e outros R$ 5 milhões variáveis por temporada. Os R$ 34 milhões equivalem à R$ 871 mil mensais por contrato de três temporadas. O bônus com conquistas e vitórias não estão agregados ao montante, que pode crescer ainda mais.

A saída de Borja ainda não é certa. Segundo a nota, o Palmeiras ainda não recebeu propostas oficiais, apenas sondagens. O clube quer recuperar o que foi investido no jogador: R$ 30 milhões. Por menos, ele não sai.

  Palmeiras: Galiotte indica atitude que pode tomar sobre Mattos. Confira!