Felipão sai em defesa de Borja e pede “personalidade” ao centroavante

O jogador Borja, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Red Bull Brasil, durante partida valida pela primeira rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio Moisés Lucarelli.

O Palmeiras empatou com a Ferroviária em 0 a 0 pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Apesar de ter criado algumas boas chances, o Verdão não conseguiu finalizar.

Após a partida, a má fase de Miguel Borja foi deflagrada pelos torcedores palmeirenses. Muitas críticas nas redes sociais. E Felipão tratou de defender o centroavante, reverenciando a sua importância dentro do elenco.

“Jogadores de alta performance como os que atuam no futebol brasileiro devem saber suportar situações em que não estejam jogando maravilhosamente bem ou que não estejam fazendo gols quando são atacantes, ou que tenham alguma dificuldade no meio-campo quando estejam na armação. É normal”.

Felipão pediu personalidade ao jogador no momento de crise. “O jogador tem que ter personalidade para enfrentar essa situação, que é o que eu espero que o Borja tenha para enfrentar. É nosso atacante, tem três gols. Um jogador que, com personalidade, com a equipe se voltando toda para ajudar o companheiro, ele vai nos ajudar,” finalizou.

Sobre a partida, Scolari foi curto e direto. “A gente teve alguma dificuldade, um pouco de apatia, um pouco de lentidão. Algumas coisas a gente tem que corrigir, bem corrigidas, para os próximos jogos”, disse.

No próximo final de semana, o Verdão receberá o Santos na arena.