O Palmeiras entrou na briga pelo atacante Alexandre Pato. Segundo informação divulgada na semana passada, o Verdão fez algumas consultas para entender a real possibilidade.

Os funcionários do empresário André Cury estão na China tentando a liberação do jogador junto ao Tianjin Tianhai. A vontade do atleta é retornar ao Brasil e alguns clubes já brigam pelo negócio.

Santos e São Paulo já avançaram um pouco mais no diálogo e estão na frente no momento. O Palmeiras, à pedido de Felipão, também está postulante nas conversas, mas de forma muito menos ativa. A diretoria entende que as manutenções de Bruno Henrique e Dudu farão uma abertura maior do caixa, trazendo mais custos mensais e diminuindo as possibilidades de novos reforços na temporada.

Para equilibrar o orçamento, Alexandre Mattos está na Europa onde deve negociar o zagueiro Vitão e o lateral-esquerdo Luan Candido. De acordo com informações divulgadas ontem, o clube deverá fazer R$ 85 milhões com ambos, fechando a folha salarial do elenco até o final de 2019.