Conselheiros do Palmeiras querem a expulsão de Del Nero do quadro associativo

A ameaça da FIFA em rebaixar o Palmeiras surtiu efeito imediato na sede social. A notícia veiculada no jornal Estado de S.Paulo gerou revolta e protestos entre conselheiros, que devem se reunir para propor a expulsão do conselheiro vitalício Marco Polo Del Nero.

Ex-presidente da CBF, Del Nero foi banido do futebol pela entidade máxima do futebol. Em matéria publicada no Estado, a FIFA ameaçou rebaixar o Palmeiras para a segunda divisão caso o dirigente não fosse excluído do quadro de associados e do Conselho Deliberativo.

Uma reunião deve acontecer na próxima semana e o presidente Maurício Galiotte deve acatar o pedido. Seraphin Del Grande, presidente do Conselho, garantiu que Del Nero enviou carta de afastamento, o que já anula qualquer possibilidade de punição.

Na última eleição para conselheiro vitalício, o filho de Marco Polo Del Nero foi eleito com votos dos próprios conselheiros.