O jogador Felipe Pires, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Copete, do Santos FC, durante partida valida pela oitava rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, na Arena Allianz Parque.

Palmeiras e Santos se enfrentaram no Allianz Parque em jogo eletrizante. No placar, nenhuma alteração. O Verdão criou boas chances, abusou na ligação direta e não conseguiu balançar as redes do rival.

O jogo
Felipão surpreendeu na escalação inicial. Colocou Raphael Veiga e Felipe Pires. Pires, inclusive, estava se recuperando de lesão.

O Santos começou com maior posse da bola, controlando os lances e conduzindo com mais perigo. O Palmeiras tentava entender o adversário e optou por fazer muitos lançamentos e ligações diretas, deixando Veiga em oportunidades no meio campo.

Aos 26, o Alviverde teve uma baixa. Luan sentiu dores e teve que ser substituído. Antônio Carlos entrou para suprir a falta no setor defensivo.

Aos 41, Borja perdeu mais uma incrível chance de abrir o placar. Veiga veio pela esquerda e cruzou forte. A bola passou por todo mundo, até pelo goleiro Éverson. De carrinho, o colombiano tocou fraco na bola. O arqueiro alvinegro conseguiu bloquear a entrada da bola no gol.

Perto do fim da primeira etapa, Moisés foi derrubado no meio campo. Caído e sentindo muitas dores, deu pinta de que pediria substituição, mas seguiu em campo.

Logo aos 3 do segundo tempo, Veiga recebeu bola de presente fora da área. Tentou duas vezes e foi bloqueado.

Após os dez minutos, o Santos teve pelo menos mais dez minutos de posse de bola e toques verticais, sem avançar para tentar marcar gol.

Quando o Palmeiras assumiu a bola, teve duas boas chances após bate rebate dentro da área. Faltou o último toque.

Aos 24, Goulart entrou no lugar de Raphael Veiga e deu uma cara mais ofensiva. Tocou de calcanhar, criou duas boas chances, mas ficou nisso.

Aos 31, Moisés teve que deixar o campo por conta das dores e Bruno Henrique entrou. Estrategicamente, nada mudou. O Verdão tentava beliscar uma chance de gol.

Dos 40 minutos para frente foi um verdadeiro “lá e cá”. O Santos teve oportunidade incrível e quase abriu o placar em chute de fora da área.

O empate foi confirmado em jogo com mais de 30 mil palmeirenses na arena. Na próxima rodada, na quarta, também terá jogo com mando de campo palestrino. O Verdão receberá o Ituano antes da estreia na Libertadores no dia 06 contra o Júnior Barranquilla.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 x 0 SANTOS

Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Data: 23 de fevereiro de 2019, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti

Público e renda: 33.980/R$ 2.144.518,00
Cartões amarelos: PALMEIRAS: Weverton e Antonio Carlos; SANTOS: Yuri, Jean Lucas e Cueva

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan (Antonio Carlos), Gustavo Gómez e Victor Luis; Thiago Santos, Moisés (Bruno Henrique) e Raphael Veiga (Ricardo Goulart); Felipe Pires, Dudu e Borja
Técnico: Luiz Felipe Scolari

SANTOS: Everson, Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Copete (Orinho); Yuri, Jean Lucas, Diego Pituca (Carlos Sánchez) e Cueva; Rodrygo e Derlis González (Jean Mota)
Técnico: Jorge Sampaoli