Deyverson toca na bola. Foto: Djalma Vassão
Deyverson toca na bola. Foto: Djalma Vassão

O Palmeiras está em Barranquilla, na Colômbia, onde estreia na Copa Libertadores logo mais. O confronto contra o Júnior pode ter novidade: Deyverson estará no banco de reservas e poderá entrar no decorrer da partida.

No hotel onde a delegação está hospedada, Maurício Galiotte, presidente palmeirense, explicou a situação do centroavante após vídeo de despedida ter vazado na internet.

“O Deyverson faz parte da nossa equipe, do nosso quadro, tem conosco um ambiente muito saudável, mas cometeu um erro, eu mesmo tratei o assunto, falei com o Deyverson. Ele cometeu um erro gravíssimo e eu disse a ele que não vai se repetir, em relação aos vídeos que vazaram na internet”, disse ao programa Seleção SporTV.

“Ele tem contrato, queremos que ele fique também.O que ocorreu foi que o próprio empresário nos trouxe a negociação e acabou não acontecendo. Ele está conosco. Volto a repetir: o que não pode é esse tipo de situação de vazar um vídeo ou outro que coloca o Palmeiras em uma situação ruim, expõe a nossa marca. Não vamos aceitar. Esperamos que ele jogue futebol, que faça o que sabe fazer, que são gols. Desta maneira, ele nos ajudou a ser campeões brasileiros, inclusive com o gol do título. Foi isso que eu disse a ele. É isso que esperamos do Deyverson”, finalizou Galiotte.

Felipão revelou que conversou com Deyverson e que prometeu mais chances e possibilidades.