O técnico Felipão, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.

O Palmeiras joga contra o São Paulo neste sábado, 16h30, no Estádio do Pacaembu. Os clubes voltam à se enfrentar no Municipal depois de três anos. O confronto é válido pela décima primeira rodada do Campeonato Paulista.

Uma vitória já coloca o Verdão na próxima fase. Com cinco pontos na frente do Guarani, a situação é bem tranquila. E para tentar o triunfo diante do rival, Felipão não poderá contar com Deyverson (que cumpre o último jogo de suspensão) e o o zagueiro Luan (se recuperado de lesão na coxa esquerda). Miguel Borja deve reassumir a posição e Antônio Carlos entrar no setor defensivo.

A boa novidade fica por conta do meia Moisés. Punido em uma partida de suspensão após confusão no jogo contra o Santos, efeito suspensivo libera o atleta para o Choque Rei, podendo ser escalado por Felipão.

“O Palmeiras vive um bom momento, principalmente depois da Libertadores. Já o São Paulo trocou de técnico e está mudando o elenco. Então, temos que aproveitar a instabilidade do adversário, mas respeitando a grandeza do time deles”, afirmou o lateral Marcos Rocha.

Como está o São Paulo?

O técnico Vágner Mancini não poderá contar com Nenê, lesionado, e Bruno Alves, suspenso. O treinador esboçou o time titular na última terça-feira, quando treinou com Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Anderson Martins e Léo; Luan e Liziero; Antony e Reinaldo.

No Pacaembu, o São Paulo perde para o Palmeiras no retrospecto. São 41 derrotas contra 46 triunfos do Verdão.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO x PALMEIRAS

Data: 16 de março de 2019, sábado
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo-SP
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Assistentes: Marcelo van Gasse e Tatiane Sacilotti

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Anderson Martins e Léo; Luan, Hudson e Hernanes; Antony, Pablo e Gonzalo Carneiro
Técnico: Vagner Mancini

PALMEIRAS: Jailson; Mayke, Antônio Carlos (Gomez), Edu Dracena e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Moisés e Lucas Lima (Ricardo Goulart); Dudu, Felipe Pires e Borja
Técnico: Luiz Felipe Scolari