O técnico Felipão, da SE Palmeiras, em jogo contra a equipe da AA Ponte Preta, durante partida valida pela décima segunda rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, na Arena Allianz Parque.

O domingo não foi positivo para o Palmeiras. Após 0 a 0 no Morumbi, o placar se repetiu no Allianz Parque e o jogo foi para os pênaltis. O meia Zé Rafael errou a última cobrança e o São Paulo se classificou para a final do Campeonato Paulista.

O jogo
O Verdão começou melhor a partida, mas foi o rival que pressionou primeiro. Antony passou para Everton, que tocou fácil para Fernando Prass.

Aos 12, Luan cortou o que seria o primeiro gol do Palmeiras. A bola sobrou limpa para Ricardo Goulart, que bateu prensado no sãopaulino.

Aos 14, Deyverson saiu na cara de Volpi e chutou forte. A bola saiu pela lateral.

Como a pressão foi forte no começo de jogo, o time de Felipão viu o ritmo cair e o São Paulo crescer. Antony recebeu bola pela direita, sem marcação, e chutou. Fernando Prass, atento, rebateu. E não economizou bronca na defesa palmeirense.

Logo aos três minutos do segundo tempo, o VAR entrou em ação. Liziero balançou as redes, porém estava impedido. O árbitro foi checar com os árbitros na cabine de transmissão.

Aos 11, Bruno Alves saiu errado e Scarpa roubou a posse. O meia bateu rasteiro e a bola tocou na trave. O lance inflamou novamente a torcida palmeirense.

O lateral Victor Luiz foi substituído por Diogo Barbosa após sentir dores nas costas. E foi de Barbosa que saiu o lance do gol do Palmeiras. Após belo cruzamento, Deyverson dominou e marcou. O árbitro foi avisado pelo vídeo que o centroavante estava impedido. E, de fato, estava. Deyverson tinha um pé na frente.

Já nas penalidades, Bruno Henrique, Gomez, Luan e Diogo marcaram para o Verdão. Ricardo Goulart e Zé Rafael desperdiçaram suas cobranças.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 (4) X (5) 0 SÃO PAULO

Local: Allianz Parque, em São Paulo
Data: 7 de abril de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes:Marcelo Van Gasse e Alex Ang Ribeiro
Público: 39.751 torcedores
Renda: R$ 2.655.699,30

Cartões amarelos: Gustavo Gomez e Deyverson (Palmeiras); Hudson, Reinaldo e Everton (São Paulo)

PALMEIRAS: Prass; Mayke, Luan, Gustavo Gomez e Victor Luis (Diogo Barbosa); Felipe Melo, Bruno Henrique e Ricardo Goulart; Scarpa (Zé Rafael), Deyverson e Dudu
Técnico: Luiz Felipe Scolari

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Liziero e Igor Gomes; Antony, Everton (Carneiro) Felipe e Everton
Técnico: Cuca