O jogador Ricardo Goulart, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Liziero, do São Paulo FC, durante partida valida pelas semi final (ida), do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio do Morumbi.

A eliminação para o São Paulo e o fraco desempenho na temporada ainda causam revolta em parte dos torcedores palmeirenses. Os muros do Allianz Parque, próximo à sede social do Palmeiras, amanheceram pichados e com faixas penduradas.

“Fora Leila”, “Time pipoqueiro” e “MV Vendida” foram algumas inscrições encontradas nas paredes. A torcida organizada não se pronunciou ainda sobre o caso e ninguém sabe quem foi o autor do vandalismo.

Nesta quarta-feira, Palmeiras e Junior Barranquilla jogam pela Copa Libertadores da América.