O técnico Felipão, da SE Palmeiras, em jogo contra a equipe da AA Ponte Preta, durante partida valida pela décima segunda rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, na Arena Allianz Parque.

A delegação do Palmeiras foi vítima de pedradas antes da chegada ao Allianz Parque. Alguns vândalos se aproveitaram da situação, se misturaram no meio dos torcedores e atacaram pedras no veículo.

Após a vitória por 3 a 0 sobre o Junior Barranquilla, Felipão retrucou repórter que perguntou sobre o medo do treinador após o ocorrido.

“Alguém me viu com cara de assustado? Eu não tenho medido de bandido, ninguém aqui tem medo de bandido. Nós temos respeito pelo nosso torcedor, respeito pelo nosso clube, pelos nossos torcedores de verdade, trabalhamos por eles, só isso aconteceu”, afirmou.

“Ninguém está assustado porque ia enfrentar um jogo, tanto é que os jogadores enfrentaram tudo com naturalidade. Não vamos dar visibilidade a quem não merece.”

O Palmeiras só volta a jogar no dia 25, contra o Melgar, no Peru.