O técnico Felipão e o diretor de futebol Alexandre Mattos (E), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.

O Palmeiras tem elenco bastante qualificado. O técnico Luiz Felipe Scolari faz rodízio com certa frequência, e ainda assim não consegue usar todos os recursos que tem à sua disposição.

Um dos jogadores que perdeu espaço completamente foi o meia Alejandro Guerra. Sem conseguir uma vaga no time titular, pode deixar o elenco alviverde já na próxima semana.

O Bahia pode ser o destino. Juan Pablo Pachon, empresário do meia, revelou para o site Futmarketing que existe interesse do time de Salvador pela contratação.

O contrato de Guerra com o Palmeiras findará em dezembro de 2019. Ou seja, menos de um ano. A diretoria do Bahia tenta empréstimo até lá e, dependendo das atuações e desempenho, aumentar o tempo de contrato.

A liberação depende apenas de Felipão. De acordo com informações de bastidores, o técnico não vai colocar dificuldades no negócio.