(Foto: Edu Andrade/Fatopress)

O Palmeiras venceu mais um jogo no Campeonato Brasileiro. E com propriedade. O placar de 1 a 0 para o Botafogo-RJ não refletiu o que foi exatamente a partida. O Verdão armou diversas oportunidades e não finalizou de forma objetiva.

A vitória deixa o Verdão com 16 pontos e na liderança absoluta do Nacional. Mesmo se o Atlético Mineiro vencer, não encosta no número de pontos do time de Felipão.

A partida
Com Lucas Lima e Thiago Santos, o Palmeiras foi mais ofensivo desde o começo. Bruno Henrique ficou um pouco mais recuado, segurando as pontas deixadas pela ausência de Felipe Melo.

Uma das grandes chances do primeiro tempo foi bicicleta de Deyverson, que bateu na trave. Mas momentos depois o juiz da partida apontou impedimento do centroavante palmeirense.

Aos 41, Deyverson teve boa chance de abrir o placar de cabeça, mas mandou para fora.

Os times voltaram mais ligados para o segundo tempo. Aos 6, Bruno Henrique bateu falta e quase surpreendeu Gatito.

Aos 12, o lance da partida. Deyverson recebe pisão de Gabriel e cai. O juiz dá amarelo para o centroavante palmeirense por simulação. A cabine do VAR, no entanto, chamou o árbitro para analisar o lance. Com visão mais completa, deu pênalti para o time visitante.

Com bastante categoria, Gustavo Gómez bateu no canto direito de Gatito e abriu o placar: 1 a 0.

O Botafogo-RJ, atrás do placar, se abriu um pouco mais para buscar o empate. Felipão insistiu com seus jogadores sobre os contra-ataques. E o time explorou bastante e perdeu diversas oportunidades. A principal delas com o lateral Diogo Barbosa. Pela esquerda, não deixou a bola sair e carregou até a área. Passou pela marcação e tentou chutar de pé trocado, de esquerda. Gatito conseguiu impedir.

Inteligente, o Palmeiras trocou passes e manteve a posse. Os cariocas não fizeram mais nada e os três pontos vieram para Palestra Itália.

  Palmeiras: Mano fala sobre a vitória contra a Chapecoense

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 25 de maio de 2019 (Sábado)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Clovis Amaral da Silva (PE)
Árbitro de Vídeo: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: João Paulo, Gilson, Leonardo Valencia, Gustavo Bochecha, Fernando, Flávio Tênius (preparador de goleiros), Gatito, Gabriel, Cicero, Diego Souza, Gustavo Ferrareis (BOT);
Gol:
PALMEIRAS: Gustavo Gomez, aos 12 minutos do 2º Tempo

BOTAFOGO: Gatito; Fernando, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Gilson; Cícero, Alex Santana, João Paulo (Yuri), Luiz Fernando (Igor Cássio) e Leonardo Valencia (Gustavo Ferrareis); Diego Souza
Técnico: Eduardo Barroca

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan (Antônio Carlos), Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima (Moisés); Zé Rafael (Gustavo Scarpa), Dudu e Deyverson
Técnico: Luiz Felipe Scolari