O jogador Deyverson, da SE Palmeiras, em jogo contra a equipe do C Athletico Paranaense, durante partida valida pela oitava rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na Arena Allianz Parque.

O Palmeiras venceu mais uma partida no Brasileirão. Pela nona rodada da competição, no Allianz Parque, o Alviverde bateu o Avaí pelo placar de 2 a 0 e chegou aos 22 pontos. Tem mais três pontos ganhos sob análise do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O julgamento acontecerá no próximo dia 18, em Salvador.

Após mais um triunfo, o centroavante Deyverson escancarou críticas aos comentaristas esportivos que criticam o time palmeirense. Para o atleta, ficar na cadeira é fácil.

“Eu vejo televisão também, né? Eu sou ser humano. Mas eu vejo as pessoas criticando a gente, que o nosso time joga feio, joga (na base) do chutão, ‘ah é o Deyverson é o da casquinha. O Deyverson isso, o Deyverson aquilo. O Palmeiras isso, o Palmeiras aquilo’. Falar é fácil, cara. Você está na televisão sentadinho na cadeirinha. Como o Felipão falou, falar é fácil. Tem que estar aqui no campo, correr e dar a vida pela família. Aí sim…”, afirmou com convicção.

“Tem muitos (comentaristas) que já foram jogadores e falam ‘ah que joga feio’. Tem que aplaudir. Pelo que o Palmeiras está jogando, tem que aplaudir.”

“Nós jogadores estamos jogando com humildade, pés no chão e respeitando todos os adversários. Tem que aplaudir. Não adianta ter birra do Palmeiras. Eu não sei porque as pessoas tem birra do Palmeiras, somos líderes e estamos jogando bem. Eu não entendo o rancor que as pessoas têm do Palmeiras e por nós jogadores, a gente respeita todo mundo. Eu vou falar de novo, vocês preferem jogar feio e vencer ou jogar bonito e perder? Eu vou fazer essa pergunta até o final do ano”, disse.

A equipe só voltará aos gramados em julho. Até lá, a Copa América vai rolar no Brasil e o time treinará na Academia de Futebol. Dois jogos treinos estão agendados: contra Oeste, de Itápolis, e Guarani, de Campinas.