O presidente Maurício Galiotte, do Palmeiras, foi convidado especial de um programa em TV fechada. Galiotte tratou de rebater o presidente corintiano Andréz Sanchez sobre o Campeonato Paulista.

Na ocasião, Sanchez falou que o Palmeiras ganharia tudo, menos o Paulista.

“Qual a melhor maneira de pensar sobre futebol? Cada um tem a sua administração, cada um tem o seu projeto, cada um tem os seus desafios e os seus objetos. O Corinthians tem o projeto do Corinthians, citado pelo Andrés, e o Palmeiras tem o projeto do Palmeiras.”

“Eu acho que Corinthians e Palmeiras é uma das maiores rivalidades que tem no mundo, pelo menos está entre as principais, sem dúvida nenhuma. Agora, o Andrés, ele está preocupado também (risos). Ele está preocupado, ele cutuca, ele provoca. Mas cada um com o seu projeto. A gente com o projeto do Palmeiras, e o Corinthians com o projeto do Corinthians.”

“A gente trabalha, obviamente, para ganhar a Libertadores. Sem dúvida nenhuma. Sabemos da dificuldade. Todos que estão disputando a Libertadores. A gente tem elenco para as importantes competições, nós temos Copa do Brasil em paralelo com o Brasileiro e Libertadores. Então, respondendo sua pergunta: gostaria de ganhar a Libertadores?”.

Título antecipado?

Galiotte também foi questionado sobre a possibilidade do clube ser Campeão Brasileiro em outubro. Na resposta, o mandatário alviverde tratou de tirar essa ideia e pensa sobre alguns profissionais que querem “tumultuar” o ambiente palestrino.

“Fomos em novembro do ano passado. Quem diz que o Palmeiras, quem comenta que o Palmeiras já é campeão, não é o palmeirense. Não é o palmeirense. A minoria. São as pessoas que têm algum interesse, na verdade, em desestabilizar”, finalizou.