O Palmeiras divulgou nesta quarta-feira, (7), que a segunda partida das quartas de final da Copa Libertadores da América contra o Grêmio não será realizada no Allianz Parque.

Agendada para o dia 27, a partida migrou para o Pacaembu. Dias antes, a dupla Sandy e Junior fará shows na arena palmeirense. De acordo com algumas informações, clube e arena chegaram a dialogar sobre uma operação mais assertiva afim de realizar a partida na casa Alviverde, mas a decisão da diretoria foi evitar qualquer contra-tempo e ter tranquilidade.

Situação do gramado também pesou

Contra o Godoy Cruz, também pelo torneio continental, o centroavante Miguel Borja sofreu entorse no tornozelo após pisar em uma irregularidade do gramado. Após a partida, o colombiano reclamou da grave situação do local.

LEIA MAIS:
Palmeiras aguarda CBF para poder relacionar Luiz Adriano domingo
Palmeiras: futuro de Miguel Borja está definido
Palmeiras treina com novidade na Academia de Futebol

Uma semana antes, o Allianz Parque promoveu evento onde centenas de torcedores jogaram futebol. O gramado, que já passava por problemas, ficou ainda pior. Como de costume, tinta verde foi passada para esconder as cores mais amareladas, mas não foi possível corrigir.

A administração da arena revelou que parte da grama foi atingida por um fungo específico. Mas, desde o começo da operação, o Allianz Parque não conseguiu acertar a mão. E tem gerado centenas de críticas de torcedores palmeirenses pelas redes sociais.

No domingo, Palmeiras e Bahia se enfrentam na arena. A expectativa não é nada boa sobre a evolução do gramado.

  Palmeiras tem jogos definidos na Flórida Cup 2020. Veja tabela!