Em casa, Palmeiras vê juiz atrapalhar e empata com o Bahia

O Palmeiras empatou com o Bahia pelo placar de 2 a 2. O juiz Igor Junio Benevenutto se atrapalhou e errou muito contra o Alviverde, principalmente em pequenos lances. O Verdão poderia ter saído com a vitória.

O jogo
O atacante Luiz Adriano quase abriu o placar de cabeça aos dez minutos. Aos 12, Dudu aproveitou falha do setor defensivo baiano e fez o gol: 1 a 0.

Aos 25, Élber tocou para Gilberto, que foi em velocidade, driblou Weverton e chutou. O zagueiro Luan, de forma inteligente, tirou a bola do caminho. Era empate certo do time visitante.

Os últimos 20 minutos do primeiro tempo foram intensos. Scarpa e Luiz Adriano quase ampliaram. Em lance duvidoso, Felipe Melo disputou bola de cabeça com Lucca. Igor Junio entendeu que o lance foi violento e expulsou o volante palmeirense. O lance gerou muitas dúvidas e revolta.

LEIA MAIS:
Felipe Melo sai em defesa de Dudu e condena pressão pesada no Palmeiras

Juiz atrapalhado

A segunda etapa foi recheada de pequenos erros da arbitragem, que distribuiu amarelos para os palmeirenses e errou em lances cruciais, prejudicando o resultado final.

Logo aos 2 minutos, Artur Caike disputou bola com Diogo Barbosa, e o lateral colocou a mão na bola. Pênalti claro e validado pelo VAR. Gilberto bateu bem e empatou: 1 a 1.

Aos 13, Dudu aproveitou bela bola de Marcos Rocha e cabeceou. Douglas defendeu e soltou, voltando para o número 7. Sem dificuldade, Dudu empurrou e colocou o Palmeiras na frente: 2 a 1.

Aos 36, Artur Caike invadiu a área e, marcado por Luan, errou o chute. Após a bola passar, o zagueiro palmeirense derrubou o jogador baiano. Após consultar o VAR, o árbitro deu pênalti. Mas a interpretação foi errada, e o Palmeiras foi prejudicado em casa. Gilberto bateu e empatou a partida.

Com 29 pontos, o Alviverde se aproximou do Santos, mas viu outros clubes chegarem mais perto. No sábado tem duelo contra o Grêmio em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 2 BAHIA

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 11 de agosto de 2019
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Ricardo Junio de Souza (MG)
VAR: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Público: 34.275 torcedores
Renda: R$ 2.160.817,20

Gols: Dudu, aos 12 do 1ºT e aos 13 do 2ºT (Palmeiras); Gilberto, aos 7 do 2ºT (Bahia)
Cartões amarelos: Marcos Rocha, Zé Rafael, Gustavo Scarpa, Diogo Barbosa, Dudu, Luiz Felipe Scolari, Thiago Santos (Palmeiras); Giovanni, Lucca, Gregore, Wanderson (Bahia)
Cartão vermelho: Felipe Melo (Palmeiras); Gregore (Bahia)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael (Thiago Santos) e Luiz Adriano (Deyverson)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba (Ezequiel), Lucas Fonseca, Wanderson e Moisés; Gregore, Flávio (Eric Ramires) e Giovanni (Arthur Caíke); Élber, Lucca e Gilberto
Técnico: Roger Machado