Pressionado, Palmeiras recebe o Flamengo pelo Brasileiro

Palmeiras e Flamengo se enfrentam no Allianz Parque neste domingo, 16h, pela trigésima sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Os cariocas já levantaram a taça, enquanto o Verdão luta para encerrar a temporada com mais dignidade.

Mano Menezes está bastante pressionado. Os pedidos da torcida pela demissão estão mais frequentes, principalmente após a derrota para o Fluminense no Rio. O time não fez uma boa partida. Nos vestiários, Alexandre Mattos e Maurício Galiotte cobraram os atletas e o treinador. Mais um revés e Mano não deve continuar no comando técnico.

Palmeiras tem dois desfalques

O zagueiro Gustavo Gómez não poderá jogar, já que está realizando tratamento na coxa. A previsão de retorno não é precisa e o defensor pode voltar aos gramados somente em 2020. Weverton, suspenso, abandona o gol para a entrada de Jaílson ou Fernando Prass.

O adversário

Campeão da Copa Libertadores e do Campeonato Brasileiro, o Flamengo não terá presença da sua torcida. A CBF, em conjunto com a Polícia Militar de São Paulo, alocaram torcida única na arena palmeirense. A justificativa gira em torno da possibilidade de brigas e violência, principalmente após as provocações dos cariocas após as duas conquistas.

Jorge Jesus terá o retorno de Gabriel Barbosa, que cumpriu suspensão diante do Ceará. Rafinha, Pablo Marí e Felipe Luís também voltam ao time titular.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X FLAMENGO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 1 de dezembro de 2019, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

PALMEIRAS: Prass (Jaílson); Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Luiz Adriano e Scarpa (Zé Rafael).
Técnico: Mano Menezes

FLAMENGO: Diego Alves. Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Jorge Jesus