Os 25 reforços contratados pelo Palmeiras desde o início do ano deixaram a impressão de um alto investimento. Porém, o time que quase foi rebaixado no Brasileirão de 2014 custou R$ 14 milhões a mais.

De acordo com uma pessoa da diretoria palmeirense, foram gastos R$ 31 milhões na montagem do atual elenco, que já foi vice-campeão paulista e é finalista da Copa do Brasil. Dudu, Robinho e Leandro Pereira representaram os maiores investimentos — Lucas Barrios e Leandro Almeida também tiveram um custo alto, mas suas contratações acabaram bancadas pela Crefisa.

O grupo que só não caiu para a Série B na temporada passada graças ao Santos, que bateu o Vitória na rodada final, havia tirado R$ 45 milhões dos cofres alviverdes. Só com as contratações dos argentinos Mouche, Allione e Cristaldo, o Palmeiras torrou R$ 25 milhões — Tobio também chegou na mesma leva, mas não teve custos.

É bem verdade que vários dos 25 reforços de 2015 não vingaram. Alan Patrick e Ryder, por exemplo, nem fazem mais parte do elenco, enquanto Aranha, Leandro Almeida, Kelvin e João Paulo quase nunca são aproveitados.

REFORÇOS DE 2015:
– Alan Patrick
– Alecsandro
– Amaral
– Andrei Girotto
– Aranha
– Arouca
– Cleiton Xavier
– Dudu
– Egídio
– Fellype Gabriel
– Gabriel
– Jackson
– João Paulo
– Kelvin
– Leandro Almeida
– Leandro Pereira
– Lucas
– Lucas Barrios
– Rafael Marques
– Robinho
– Ryder
– Thiago Santos
– Vitor Hugo
– Victor Ramos
– Zé Roberto

REFORÇOS DE 2014:
– Rodolfo
– França
– Diogo
– Victorino
– William Matheus
– Lúcio
– Marquinhos Gabriel
– Bruno César
– Paulo Henrique
– Josimar
– Bruninho
– Henrique
– Bernardo
– Leandro Amaro
– Tobio
– Mouche
– Allione
– Cristaldo
– Weldinho
– Jailson
– Washington

Fonte: Blog do Jorge Nicola

Comentários

comentários