Tour pelo estádio do Palmeiras vira atração turística em São Paulo

0
923


No saguão que liga o vestiário ao gramado, ouvem-se em alto e bom som os tradicionais gritos de guerra da torcida. A tensão e a expectativa são enormes.

Quando chega a hora de pisar no palco verde, o grupo sobe a escada, olha ao redor e acena para as arquibancadas que estão completamente vazias. Mas não importa. A emoção de entrar no campo do Allianz Parque, em Perdizes, faz qualquer um se sentir um craque do Palmeiras, ainda que seja apenas um visitante do tour de um dos mais modernos estádios do Brasil.

Em janeiro, mês de férias escolares, a visita à casa do atual campeão brasileiro firmou-se como uma das principais atrações esportivas da cidade de São Paulo.

Segundo a Futebol Tour, empresa que organiza o Allianz Parque Tour, cerca de 90 mil pessoas fizeram o passeio desde a sua criação, em março de 2015. O resultado dá uma média de pouco mais de 4.000 visitantes por mês. Só em janeiro, foram 5.987 pessoas.

No segmento esportivo, só o Museu do Futebol, no Pacaembu, com mil visitas diárias, recebe mais turistas em São Paulo do que o estádio palmeirense, inaugurado em 2014.

O tour funciona de quarta-feira a domingo, com turmas de no máximo 75 pessoas. Em janeiro, em razão da grande procura, a atração foi realizada todos os dias, com turmas extras em várias ocasiões.

No mês passado, 30% do público veio de outros Estados, pessoas que aproveitaram as férias para conhecer o “templo” alviverde. Foi o que fez o estudante Renan de Moura Silva, 22, palmeirense fanático de Teresina, Piauí.

Ele aproveitou a passagem por São Paulo para, acompanhado do tio, o marceneiro José da Cruz, conhecer o estádio. “É bonito demais”, repetia o piauiense, enquanto seus olhos viajavam pela estrutura das arquibancadas do Allianz Parque.

Orientado por um guia, o visitante passa, em cerca de 50 minutos, por pontos emblemáticos do estádio, como os camarotes e a sala de imprensa, onde pode se imaginar um repórter em uma entrevista coletiva após um grande clássico.

Na parte final, é feita a visita ao vestiário principal, usado pelo time do Palmeiras, local “sagrado” onde, em condições normais, torcedor nenhum pode entrar.

Na antessala do vestiário, um vídeo com lances históricos da equipe, como a vitória sobre o Corinthians na Libertadores da América de 2000, serve de aquecimento para o ponto mais alto da jornada: a entrada no gramado. É o momento preferido da maioria dos visitantes, que podem sentir um pouquinho do que vivem os atletas antes de uma partida.

“Visitamos tours de vários clubes do mundo, como o Barcelona e o Real Madrid, da Espanha, e o Boca Juniors, da Argentina, para montar o nosso”, explica Marcelo Fortunato, gerente de contas da Futebol Tour. “Visitamos também ginásios de basquete e estádios de futebol americano nos Estados Unidos. Depois, adaptamos as ideias às necessidades brasileiras.”

Com a recente conquista do Brasileiro, um elenco com nomes conhecidos, um belo estádio e um tour que se transformou em atração de turismo na cidade, até o palmeirense mais exigente tem de admitir que suas necessidades estão sendo bem atendidas.


Allianz Parque Tour

ONDE: r. Palestra Itália, 214.
QUANDO: de qua. a sex., entre 10h e 16h (um tour a cada hora e meia); nos fins de semana, entre 10h e 17h (um tour a cada hora). Não é realizado em dias de jogos e eventos.
QUANTO: R$ 44 (sócios Avanti, R$ 36).
Para COMPRAR: nas bilheterias do estádio ou em allianzparque.com.br.

*

+ TOURS

Estádio do Morumbi
A visita guiada ao estádio são-paulino ocorre de seg. a dom., com ingressos de R$ 15 a R$ 30 —gratuito para menores de cinco anos. Mais informações em morumbitour.com.br.

Arena Corinthians
Batizado de Casa do Povo, o tour na arena em Itaquera começará em abril.

Comentários

comentários