Terceiro do Grupo D, Santos “torce” por Palmeiras para seguir no Paulistão

0
352


A queda de rendimento na Vila Belmiro diz muito sobre a atual situação do Santos no Campeonato Paulista. Sem depender somente de si para classificar-se às quartas de final da competição, o Peixe precisará, agora, torcer para o seu algoz deste domingo e principal rival nestes últimos anos, o Palmeiras.

Líder do Grupo C, e do torneio no geral, com 21 pontos, o Verdão enfrentará, nestas últimas três rodadas, as outras três equipes do grupo do Santos, o D – considerado o da “morte”. Precisando que Mirassol ou Ponte Preta tropece, a equipe da baixada já “torce” pelo rival na quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), quando o já classificado Palmeiras recebe, no estádio Palestra Itália, o Mirassol, vice-líder da chave D com 14 pontos, um a mais que o Santos.

No sábado, o jogo do Verdão que menos interessa ao Peixe acontece novamente no Palestra Itália – se depender do retrospecto alviverde, os torcedores do Santos podem se animar, já que a equipe está há quase um ano invicto no seu estádio. A partida, porém, não é de grande valia ao time da baixada justamente porque o adversário é o Grêmio Osasco Audax, que está em último do grupo, com 7 pontos, e não influencia diretamente nas pretensões do Peixe.

Na última rodada, o time da Barra Funda pode ser essencial ao Santos. Em seguida aos outros dois jogos, o Palmeiras fecha a participação na primeira fase do Paulistão contra a Ponte Preta, atual líder do Grupo D com 15 pontos. O Palmeiras vai até Campinas, no dia 29, e entra em campo às 21h45.

“Jogando contra” o Peixe estão os desfalques do Palmeiras devido às convocações das seleções para as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Além de Borja e Mina, lembrados pelo técnico José Pékerman, da Colômbia, Guerra foi convocado pela Venezuela e Dudu, mais recentemente, foi chamado por Tite para o lugar do lesionado Douglas Costa. A previsão é de que dificilmente tenham condições físicas e percam os três duelos. Outra ausência é Vitor Hugo, suspenso, que ainda não entra em campo nesta quinta.

Além da torcida pelo Palmeiras, que colocará seu elenco à prova neste período, o Santos tem de fazer sua parte. A equipe visita São Bento e Santo André, quarta e sábado, respectivamente, e busca a classificação onde não tem se dado tão bem neste ano, na Vila, também dia 29, contra o Novorizontino.

Comentários

comentários