Palmeiras encara jejum e prevê jogo duro contra a Ponte em Campinas

Nos últimos cinco duelos entre as duas equipes, foram três vitórias da Macaca e dois empates. "Se eles estão na semifinal, é por méritos", diz Fabiano

0
274


O discurso no Palmeiras é bem claro: respeito total e muita atenção com a Ponte Preta, adversária direta na luta por vaga na decisão do Campeonato Paulista. No próximo domingo, as duas equipes se enfrentam no estádio Moisés Lucarelli, no primeiro confronto pelas semifinais do estadual.

Donos da melhor campanha da competição, os palmeirenses encaram um retrospecto recente negativo contra a Macaca. Nos últimos cinco duelos, foram três vitórias do time de Campinas e dois empates. Chegou a hora do fim do pequeno jejum?

– Uma hora vai acontecer de nós vencermos. Que seja no domingo. É uma oportunidade boa. É outro momento da competição. Jogamos um amistoso no início do ano e outro jogo em que já estava praticamente decidido o Palmeiras como líder. Agora o Palmeiras chega muito forte, assim como a Ponte Preta. Temos tudo para fazer um grande jogo em Campinas e conquistar um resultado positivo – disse o atacante Willian, artilheiro do Verdão em 2017 com seis gols.

Em 2017, os rivais já se enfrentaram duas vezes. Na primeira, um amistoso disputado na arena alviverde terminou empatado por 2 a 2. Em fevereiro, na última rodada da fase de grupos, o time de Eduardo Baptista, já classificado, foi derrotado por 1 a 0 em Campinas.

O último triunfo do Palmeiras contra a Ponte ocorreu em julho de 2015. Na ocasião, o Verdão viajou até Cuiabá para vencer os alvinegros por 2 a 0 pelo Brasileirão, gols do atacante Dudu. Em Campinas, o último triunfo do time da capital foi em abril de 2013, em partida do Paulistão.

– Se eles estão na semifinal, é por mérito deles também. Conseguiram eliminar uma grande equipe. O Santos era favorito, mas eles passaram de fase. Vamos respeitar o time deles. Sabemos do nosso potencial, precisamos impor isso dentro de campo, marcando forte e jogando da nossa forma. Mas podem ter certeza que não vai ter jogo fácil – afirmou o lateral-direito Fabiano.

Depois da partida deste domingo, Palmeiras e Ponte Preta voltarão a se enfrentar pelo Paulistão no sábado, dia 22, às 19h, na arena. As duas equipes terão a semana livre antes do duelo que vale uma vaga na final.

Comentários

comentários