Torcida do Palmeiras sofre na fila, dá show na Bahia e ganha elogios

Jogadores foram até a torcida para agradecer após a vitória diante do Bahia. Cuca e Fernando Prass exaltam palmeirenses do Nordeste

0
240
Torcedores, da SE Palmeiras, durante treinamento, no Estádio Felix Capriles.


Foi um dia longo para os palmeirenses que foram até a Fonte Nova para apoiar o time na vitória por 4 a 2 sobre o Bahia, neste domingo. Os torcedores sofreram com uma fila quilométrica desde as primeiras horas do dia, inclusive disputando espaço com cambistas, mas conseguiram lotar os três setores destinados a eles e ganharam aplausos do grupo após o jogo.

– O nosso setor encheu. Muito mais que merecido irmos lá agradecer aos torcedores, afinal de contas eles jogaram junto, nos ajudaram na hora mais difícil. Palmeirense é assim mesmo – disse o técnico Cuca.

– A gente não vem muitas vezes jogar no Nordeste, e temos uma torcida muito fiel aqui. Você vê que o estádio do Palmeiras estava super lotado, na chuva, não sei o preço do ingresso, mas o país em dificuldade… A gente sabe o que representa para eles. Acho que é importante ter essa interação com a torcida, principalmente quando vence e está todo mundo feliz – emendou o goleiro Fernando Prass.

Os ingressos para a torcida do Palmeiras foram vendidos apenas neste domingo, sem privilégios para sócios-torcedores do clube. As bilheterias da Fonte Nova foram abertas às 9h, mas a aglomeração começou a se formar bem antes, por volta das 6h, segundo palmeirenses que estavam lá.

Os relatos também dão conta de que havia muitos cambistas agindo livremente e cobrando caro pelos ingressos, inclusive de meia-entrada. A fila se manteve extensa até a hora da partida.

Comentários

comentários