Guerra volta a ser titular após cinco meses e concede assistência em gol de Borja

0
49


Para o jogo contra o Linense, disputado nesta quinta-feira (15), no Allianz Parque, o técnico Roger Machado optou por começar a partida com o meia venezuelano Guerra. O dono da camisa 18 esteve dentre os 11 que entraram em campo pela primeira vez nos últimos cinco meses e concedeu assistência para um dos gols de Borja no jogo.

A última vez em que Guerra havia atuado como titular foi ainda sob o comando o treinador Cuca, na partida do dia 9 de setembro de 2017, jogo que terminou empatado por 1 a 1 no Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), válido pelo Campeonato Brasileiro.

Depois disso, Guerra ainda chegou a jogar algumas vezes sob o comando de Cuca, Alberto Valentim e do próprio Roger Machado, mas apenas entrando no segundo tempo. A volta do venezuelano como titular agradou a torcida, pois o meia se movimentou bem e criou ótimas jogadas.

“Feliz por poder voltar a ser selecionado entre os 11 iniciais. O Roger sabe que mesmo os jogadores que estão no banco de reservas dão conta do recado, então é natural que exista esse ‘rodízio’ nas escalações titulares”, declarou Guerra.

“Também fico bastante contente em poder fazer parte desse resultado construído pelo Palmeiras. Infelizmente não saímos com a vitória, mas trabalhamos duro e nos empenhamos em campo. A assistência para o primeiro gol do Borja também me deixou, particularmente, muito feliz. Mas ficaria mais feliz ainda se tivéssemos saído vitoriosos de campo”, encerrou.

Contratado para defender o Verdão a partir de 2017, o venezuelano Alejandro Guerra possui ao todo 41 jogos com a camisa do Palmeiras (22 vitórias, seis empates e 13 derrotas). Além disso, Guerra marcou sete gols envergando o manto alviverde.

Comentários

comentários