Weverton é o 115º goleiro a ter atuado pelo Verdão: ‘Muito importante para mim’

0
1162


Campeão pela Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos Rio-2016, o goleiro Weverton fez história no Verdão ao entrar em campo contra o Ituano, no último domingo (11), juntando-se agora aos outros 114 goleiros que já defenderam o Verdão em pelo menos uma partida no time principal em todos os tempos.

“Foi muito importante para mim, pois marca o início da minha história com essa camisa. É sempre bom estar em campo e, claro, não tomar gols é ainda mais especial. Melhor ainda foi sair com a vitória. É difícil jogar em Itu. Além do calor, o time deles precisava do resultado para se classificar e deu muito trabalho. Tínhamos a missão de vencer para terminarmos a primeira fase com a melhor campanha e conseguimos. Só posso dizer que me sinto honrado em atuar em um clube que tem tanta tradição e reconhecimento nessa posição. Espero que essa seja a primeira de muitas partidas no Palmeiras”, declarou Weverton.

O dono da camisa 21 vem disputando a posição com Jailson e Fernando Prass – ou seja, os três principais goleiros já receberam ao menos uma chance do técnico Roger Machado neste início de temporada, no qual o Alviverde disputa o Paulistão concomitantemente à Conmebol Libertadores.

“Sei que, dos goleiros que o Palmeiras tem hoje, todos são de altíssimo nível. Tem o Jailson, que vive fase espetacular, o Fernando Prass, que é um ídolo. Acho que nenhum clube do Brasil hoje tem isso (três goleiros de alto nível). Mantenho os pés no chão sempre, pois, sei que, um dia, a minha hora irá chegar. Como já disse antes, o mais importante é saber que qualquer uma das escolhas do técnico Roger Machado lhe dará tranquilidade e segurança para trabalhar”, completou o jogador.

Destes 115 goleiros que já defenderam o Palmeiras na história, Emerson Leão foi o que mais jogou, com 620 atuações em três passagens entre 1969 e 1986. Já o primeiro a ter a honra de ter vestido a camisa de goleiro do Palmeiras foi Stilitano, em 1915, no primeiro jogo da história do clube (à época, Palestra Italia). Além disso, dos seis bustos de bronze existentes na sede social do Verdão – a maior honraria que um ídolo do clube pode receber –, dois são de goleiros, e pertencem respectivamente a Oberdan Cattani, que atuou nos anos 40 e 50, e a Marcos, que defendeu o Alviverde na década de 90 e nos anos 2000.

CONFIRA A ENTREVISTA EXCLUSIVA DA TV PALMEIRAS/FAM COM WEVERTON:

Comentários

comentários