Juíza não reverte situação de Scarpa

0
2163
O jogador Gustavo Scarpa, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Ituano FC, durante partida válida pela décima segunda rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio Novelli Junior.


A audiência que ocorreu nesta manhã (16) no Rio de Janeiro não foi nada boa para o meia Gustavo Scarpa. A juíza Dalva Macedo, que havia derrubado a liminar que liberava o meia para defender o Palmeiras, manteve a decisão e deu mais dez dias para ambas as partes apresentarem documentos comprobatórios. Ela dará a sentença.

O meia estava presente no evento que durou apenas 50 minutos. Por opção do jogador, a imprensa não teve acesso.

O advogado do Fluminense, Rui Meier, disse que conversou com os advogados de Scarpa na semana passada, mas não houve acordo.

“Sempre. Tudo depende das partes e conciliarem. O Fluminense conversou com o atleta e seus representantes na semana passada, mas não chegamos a um acordo. Tudo é questão de conciliar. O vínculo dele, hoje, é com o Fluminense. Mas ele optou por não se reapresentar ao trabalho, o que é uma faculdade legal dele, então é por isso que ele não está jogando,” disse.

O Palmeiras está dando todo respaldo para o jogador e espera ter final feliz.

Comentários

comentários