Palmeiras embolsa mais de R$ 20 milhões livres com venda de meia

0
2403


O Palmeiras fez um excelente negócio na semana passada. Depois de receber proposta do Dínamo de Kiev por Tchê Tchê, o clube não pensou duas vezes em bater o martelo.

O meia não tinha mais espaço no time titular. Iria ficar na reserva e brigar por posição. Poderia se tornar a quarta opção no elenco e dependeria muito das possibilidades colocadas na mesa por Roger Machado. O futebol caiu bastante e não teria mais como roubar uma das vagas no time titular.

O Dínamo propôs pagamento de R$ 20,5 milhões. Tchê Tchê não custou nada ao Palmeiras quando veio do Audax. Destaque do Paulista 2016, o negócio ocorreu rapidamente e ele veio defender o Alviverde. Na época, o presidente do time de Osasco ficou muito bravo com o negócio e acusou o Palmeiras de ‘oportunismo’.

Na campanha do título brasileiro de 2016, Tchê Tchê teve participação fundamental. Obediente taticamente, fez boa dupla com Moisés e levantou a taça para o Palmeiras depois de 22 anos.

Alexandre Mattos, executivo de futebol, foi elogiado por ter intermediado a venda. João Pedro, que estava no Bahia, também foi vendido. Vai defender o Porto-POR. Aos poucos Mattos vai dando destino aos atletas que trouxe no passado e que acabaram não dando certo.

Comentários

comentários