O jogador Thiago Santos, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Ceará SC, durante partida válida pela décima primeira rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, no Estádio Castelão.


O Palmeiras empatou em 2 a 2 com o Ceará fora de casa neste domingo. O ponto somado deixou o Verdão na quinta colocação.

O primeiro tempo foi bom. O Verdão marcou logo no primeiro ataque com Thiago Santos. Dudu cobrou escanteio e o volante cabeceou para as redes.

Com 1 a 0 no placar, o time alviverde controlou o jogo. Marcou o segundo com Dudu após bela jogada de Hyoran. A jogada saiu de falha defensiva do time da casa e bem aproveitada pelo meio campo palestrino.

No entanto, logo após o segundo gol, o Ceará diminuiu. Sem marcação, Felipe Azevedo cabeceou e não permitiu qualquer reação de Jaílson.

Roger não viu necessidade de mudança na segunda etapa e mandou o mesmo time. Sem ímpeto, o Verdão deixou de atacar. Quando o jogo passou dos 30, a ideia foi manter o placar e segurar a vitória. Mas, aos 42, Elton empatou após sucessão de erros. Dracena falhou e Jaílson demorou demais para sair do gol.

Os palmeirenses se irritaram com o resultado nas redes sociais. Mais uma vez o time perdeu pontos para time abaixo na tabela.

Na próxima rodada, duelo contra o Flamengo no Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2 X 2 PALMEIRAS

Data: 10 de junho de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Estádio Castelão, em Fotaleza
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e Jose Eduardo Calza (ambos do RS)
Público: 32.732 torcedores
Renda: R$ 959.576,00
Cartão Amarelo: Samuel Xavier e Pio (Ceará); Jean e Willian (Palmeiras)
Cartão Vermelho: –
Gols:
CEARÁ: Felipe Azevedo, aos 25 minutos do 1º tempo, e Elton, aos 42 minutos do 2º tempo
PALMEIRAS: Thiago Santos, aos 5, e Dudu, aos 22 minutos do 1º tempo

CEARÁ: Éverson; Samuel Xavier (Arnaldo), Rafael Pereira, Luiz Otávio e João Lucas; Naldo, Pio, Javier Reina (Elton) e Ricardinho; Éder Luis (Luidy) e Felipe Azevedo
Técnico: Lisca

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Thiago Martins e Victor Luis; Thiago Santos, Jean e Lucas Lima (Moisés); Hyoran, Dudu (Artur) e Willian
Técnico: Roger Machado

Comentários

comentários