Os dois jogos das quartas de final da Copa Libertadores da América foram diferentes para o Palmeiras e sua torcida. O clube enfrentou o Colo Colo, atual time do meia Valdívia. O chileno fez história no clube alviverde e é amado por muitos e odiado por vários.

Assim que a eliminação dos chilenos foi confirmada, Valdívia deixou o campo chateado e deu entrevista na beira do gramado. Muitos torcedores localizados no setor Central pediram o retorno do meia e ovacionaram seu nome. Nas redes sociais muitos palmeirenses se manifestaram contra o retorno.

Em entrevista para a Rádio Bandeirantes, Maurício Galiotte, atual presidente do clube, revelou saudades do jogador, mas freou qualquer tipo de empolgação por um possível retorno.

“Deu saudades do Valdivia. É um dos maiores camisas 10 do Palmeiras dos últimos anos, mas estamos muito bem servidos,” revelou o presidente.

Antes de enfrentar o Palmeiras, o Colo Colo tirou o Corinthians da Libertadores. E, nas duas partidas, Valdívia jogou muita bola e revelou o sentimento pelo Verdão.

Comentários

comentários