Campeão Paulista 1927

Atropelando o ataque dos Cem Gols para ser Bicampeão

Fortalecido moralmente pela brilhante conquista do estadual do ano anterior, o Palestra Itália manteve a seqüência de resultados positivos na temporada de 1927 e faturou o título paulista, sagrando-se bicampeão pela primeira vez em sua história.

A campanha encheu de orgulho a nação palestrina: 14 vitórias, 1 empate e 1 derrota em 16 jogos, com a impressionante marca de 89 gols pró.
Exemplo lapidar do potencial do Palestra foi visto no prélio que decidiu o título, contra o Santos, em plena Vila Belmiro. Nem tanto pelo fato de a vitória ter acontecido no território do escrete praiano, mas por se tratar de um Peixe muito forte e cuja linha de frente havia assinalado cem gols no torneio. O resultado final de 3 x 2 contra o alvinegro foi incontestável e arrancou o reconhecimento da crônica esportiva, consciente dos méritos da conquista palestrina.

 

Regulamento
APEA: todos se enfrentam no primeiro turno, e os quatros melhores se classificam para o segundo turno, conservando os pontos do primeiro.

 

Jogos do Campeonato

 

Campanha

Pontos: 29 | Jogos: 16 | Vitórias: 14 | Empates: 01 | Derrotas: 01 | Gols Pró: 89 | Gols contra: 22 | Saldo: 67

 

Ficha técnica da Final
Santos 2 x 3 Palestra Itália
Local: Vila Belmiro
Data: 04/03/28
Árbitro: Antero Camera
Santos: Atiê; Bilu e Meira; Hugo, Júlio e Alfredo; Omar, Camarão, Siriri, Araken e Evangelista.
Palestra Itália: Perth; Bianco e Miguel; Xingo, Gogliardo e Serafini; Tedesco, Heitor, Armando, Lara e Perillo.
Gols: Tedesco, Lara e Perillo, para o Palestra Itália; Evangelista e Camarão, para o Santos.

Palestra, o grande Campeão de 1927, antes de ir embora da Vila Belmiro