Palmeiras recebe o São Caetano para voltar a vencer no Paulista

0
181


Após vencer o Junior Barranquilla-COL na estreia da Copa Libertadores, o Palmeiras volta as suas atenções para o Campeonato Paulista. Nesta segunda-feira, a partir das 20h30 (de Brasília), a equipe alviverde encara o São Caetano, no Palestra Itália, no encerramento da décima rodada do torneio.

“A nossa chavinha já virou. É focar no próximo jogo, que é contra o São Caetano. O jogo mais importante é sempre o próximo. Estamos bem focados e trabalhando para fazer um grande jogo na segunda-feira”, garantiu o volante Bruno Henrique.

O time dirigido por Roger Machado chega para o duelo em situação confortável. Classificado de forma antecipada às quartas de final, lidera o Grupo C do Estadual com 20 pontos ganhos, seis a mais do que o terceiro colocado São Bento, por quem não pode mais ser ultrapassado.

Em contrapartida, o jogo ganha em importância pelo fato de o Palmeiras não vencer no Paulista há três rodadas, vindo de empates com Linense e Ponte Preta, e derrota para o Corinthians. Além disso, um triunfo nesta segunda-feira elevaria o moral do time para o clássico com o São Paulo, na próxima quinta, no Palestra Itália, e o deixaria mais perto de uma vaga como líder geral da primeira fase.

Como os treinos preparatórios para o embate foram realizados sem a presença da imprensa, não se sabe se Roger Machado irá fazer mudanças na equipe. No entanto, de olho no Choque-Rei, o treinador pode poupar alguns atletas pendurados com dois cartões amarelos, como Antônio Carlos, Victor Luis, Felipe Melo, Lucas Lima e Miguel Borja, e outros por desgaste físico por conta da viagem à Colômbia.

Nesse caso, jogadores como Luan, Michel Bastos, Thiago Santos, Guerra e Gustavo Scarpa podem aparecer entre os titulares. A tendência, contudo, é que Bruno Henrique, destaque na vitória em Barranquilla marcando dois gols, permaneça no lugar de Tchê Tchê. A única certeza é que Jailson, expulso contra o Corinthians, terá de cumprir suspensão. O seu provável substituto na meta palmeirense é Fernando Prass.

“Temos de respeitar os adversários. O Campeonato Paulista é complicado. A gente viu nos últimos anos times considerados pequenos chegando em final, sendo campeão”, alertou Prass.

No São Caetano, a ideia é endurecer o confronto em plena arena alviverde. “Nada é impossível. O Palmeiras é o clube no Brasil que fez mais investimento, mas, dentro de campo, são 11 contra 11. Pode ter certeza que iremos utilizar as melhores estratégias para conseguir somar pontos”, avisou o lateral direito Alex Reinaldo.

A confiança se deve aos resultados recentes. Sob o comando de Pintado, que assumiu o comando técnico da equipe há menos de um mês, o São Caetano vem de vitórias sobre Ferroviária e São Bento, por 1 a 0, no Estádio Anacleto Campanella.

“Projeto um grande jogo contra o Palmeiras. Um adversário muito difícil, quando temos a obrigação de jogar bem, de confirmar aquilo que estamos fazendo. Pouco a pouco almejamos algo maior, algo grande que esse grupo provou que pode”, analisou o ex-auxiliar do São Paulo.


FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X SÃO CAETANO

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 5 de março de 2018, segunda-feira
Horário: 20h30 horas (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Herman Brumel Vani e Alberto Poletto Masseira

PALMEIRAS: Fernando Prass; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo; Willian, Bruno Henrique, Lucas Lima e Dudu; Borja
Técnico: Roger Machado

SÃO CAETANO: Helton Leite; Alex Reinaldo, Sandoval, Max e Bruno Recife; Vinícius Kiss, Diego Rosa e Ferreira; Chiquinho, Niltinho e Marlon
Técnico: Pintado

Comentários

comentários