Palmeiras ganha ação referente transferência do lateral Rogério, em 2000. Corinthians vai pagar R$ 34 milhões.

Vitória Palmeiras contra o Corinthians, agora também nos tribunais. Se já não bastasse a superioridade palmeirense na história de confrontos contra o arqui-rival, agora o Verdão pode comemorar uma excelente vitória nos tribunais.

Em 2000, o lateral Rogério recebeu uma proposta do Corinthians e acabou vestindo a camisa alvinegra. Na época, ainda valia a Lei do Passe, e o clube deveria pagar para o Palmeiras o equivalente à R$ 16 milhões.

O Corinthians alegou que o jogador tinha direito de jogar onde quisesse, e acabou acertando o contrato do atleta. O Palmeiras entrou na Justiça e, onze anos depois, ela acabou sendo feita: o Corinthians terá que pagar até dia 01 de agosto o equivalente à R$ 34 milhões. Mesmo que não tenha dinheiro, os créditos futuros do time de Parque São Jorge ficarão bloqueados.

O Palmeiras também ganhou uma ação do Ituano, no valor de R$ 6 milhões. Na época, o atacante Basílio tinha contrato com o Alviverde e se transferiu para o time interiorano, que entrou na Justiça Trabalhista. O Palmeiras fez valer seus direitos e venceu a batalha jurídica.

Comentários

comentários