Palmeiras descarta pressa por novo patrocinador

Presidente do Palmeiras, Paulo Nobre nega pressa para fechar patrocínio master.

Paulo Nobre e Brunoro falam sobre patrocínio. Fonte: GE.Net

Paulo Nobre e Brunoro falam sobre patrocínio. Fonte: GE.Net

Durante a apresentação dos novos uniformes do Palmeiras, nesta terça-feira, no Museu do Futebol, o presidente Paulo Nobre e o diretor executivo José Carlos Brunoro negaram pressa para fechar com um patrocínio master.

A Kia, montadora de veículos que patrocinava o clube, rompeu o contrato após o término da Libertadores, quando o Verdão foi eliminado pelos mexicanos do Tijuana. Até então o clube não tem nenhum “pretendente”.

“Existe um padrão para times do quilate do Palmeiras, e não queremos sair desse padrão. Se baixarmos muito o nosso padrão, ficará muito difícil voltar ao padrão normal. Por isso, não podemos ter pressa nem deixar bater o desespero. O respeito vem de dentro para fora”, disse Paulo Nobre.

Nobre também descartou acertar patrocínios pontuais e confirmou que o Palmeiras está procurando patrocínio até o final de 2014. Ou seja, a camisa do Verdão poderá ficar sem patrocinadores por mais de um ano. Porém a situação financeira que o Palmeiras enfrenta não permite esse tipo de “luxo”.

“O patrocínio depende do que o mercado apresenta. Estamos trabalhando faz tempo, colocamos nas propostas todas as técnicas possíveis e imagináveis. Mas não é fácil encontrar patrocinadores que possam pagar uma quantia alta. E não adianta ficar no sobressalto. Temos que aguardar o mercado”, complementou Brunoro.

Comentários

comentários

Artigos relatados