O técnico Felipão, da SE Palmeiras, em jogo contra a equipe da AA Ponte Preta, durante partida valida pela décima segunda rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, na Arena Allianz Parque.

O Palmeiras saiu de Campinas derrotado. O Guarani venceu o jogo por 2 a 1 de virada. O jogo serviu para o técnico Luiz Felipe Scolari testar alguns atletas como Fabiano, Jean e Carlos Eduardo.

O jogo
O Palmeiras dominou o começo da partida. Weverton quase marcou um golaço ao chutar de sua própria área. Logo depois, Dracena perdeu oportunidade incrível.

Aos nove minutos, o gol. Dudu cobrou escanteio e Edu Dracena testou forte para as redes, sem chances para Kléver.

Seis minutos depois, Victor Feijão foi derrubado na área por Dudu. O juiz assinalou pênalti. Na cobrança, Feijão bateu rasteiro e Weverton defendeu. O Guarani teve duas boas chances para empatar ainda na primeira etapa, mas não teve sucesso.

Felipão fez quatro alterações para a segunda etapa. Entraram Jean, Victor Luis, Raphael Veiga e Carlos Eduardo nas vagas de Marcos Rocha, Diogo Barbosa, Lucas Lima e Zé Rafael, respectivamente. Com boa parte da força da equipe debilitada, o Verdão acabou sofrendo igualdade no placar.

Aos 13, Diego Cardoso converteu penalidade cometida por Victor Luiz.

Com dificuldades no setor ofensivo, o Palmeiras quase sofreu a virada. Bady tirou de Weverton e Victor Luiz, lúcido, tirou em cima da linha e evitou o gol.

Restando 15 minutos para acabar a partida, Bady marcou o gol da virada após cabeçada na trave de Diego Cardoso.

Em ritmo de treino e sem entrosamento, o Palmeiras viu o adversário vencer. Uma cena rara em 2019.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 2 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: 3 de julho de 2019, quarta-feira
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Leandro Matos Feitosa e Alex Alexandrino
Público: 5.260 pagantes
Renda: R$ 84.187,00
Cartão Amarelo: Pablo Armero (Guarani); Diogo Barbosa (Palmeiras)
Cartão Vermelho: –

Gols:
GUARANI: Diego Cardoso, aos 15, e Bady, aos 39 minutos do 2º tempo
PALMEIRAS: Edu Dracena, aos nove minutos do 1º tempo

GUARANI: Kléver (Jefferson Paulino); Lenon, Ferreira, Bruno Silva e Pablo Armero; Igor Henrique (Bruno Lima), Diego Cardoso (Bady), Ricardinho e Arthur Rezende (Deivid Souza); Vitor Feijão (Éder Luis) e Michel Douglas (Davó)
Técnico: Roberto Fonseca

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Jean), Luan, Edu Dracena e Diogo Barbosa (Victor Luis); Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique (Moisés) e Lucas Lima (Raphael Veiga); Dudu, Zé Rafael (Carlos Eduardo) e Deyverson (Arthur Cabral)
Técnico: Luiz Felipe Scolari