Este sábado na Academia de Futebol foi festivo: primeiro por que a imprensa não teve acesso. Só por conta disso, o técnico Luiz Felipe Scolari teve mais liberdade de treinar posicionamento e finalização. Muitas crianças compareceram para prestigiar os jogadores. Mas, antes de se envolver com os pequenos palestrinos, a equipe fez treinamentos duros de marcação, posicionamento e finalização.

Em apenas meio campo, Felipão dividiu dois times, entre titulares e reservas. O destaque negativo dos titulares foi Márcio Araújo, que perdeu três gols na frente do goleiro Deola. Um deles foi bastante complicado: sozinho, Araújo deu de bico e mandou a bola quase para escanteio.

Já nos reservas surgiu um jogador que chamou a atenção de quem assistia o treino. O jovem Júlio César trocava passes com maestria, lançava perfeito e sempre finalizava corretamente, arrancando aplausos dos torcedores na arquibancada.

Logo após a movimentação, alguns jogadores fizeram alongamento enquanto os outros foram atender os pequenos palmeirenses. O mais solicitado, como sempre, foi o goleiro Marcos. O técnico Luiz Felipe Scolari logo em seguida pediu a liberação de Kleber e Marcos para uma conversa em particular. O conteúdo da conversa, no entanto, não foi revelado.

Marcos treinou muito bem e praticou excelentes defesas, mostrando que já está pronto para assumir a titularidade na meta palestrina. O Verdão tem confronto decisivo diante do Atlético Mineiro, pela Copa Sulamericana, na próxima quarta-feira. Um empate sem gols dá a classificação para o time de Scolari.

Comentários

comentários