Francisco Busico, diretor financeiro do Palmeiras, confirmou em programa televisivo que o Palmeiras deve um mês de direitos de imagens aos atletas.

Com sérios problemas financeiros, o Palmeiras não consegue mais manter suas dívidas em dia. Ainda mais no mês de dezembro, quando os funcionários do clube como um todo recebem o décimo terceiro salário, dobrando a folha.

Francisco Busico, diretor financeiro do clube, confirmou que o Palmeiras deve um mês de direitos de imagem e que os jogadores também estão com salários atrasados a seis dias.

“O Palmeiras como todos clubes, vive fases de altos e baixos. A gente depende de uma série de coisas para ajustar o fluxo de caixa. Hoje veio a notícia que estamos com três direitos de imagem atrasados, na verdade estamos devendo um mês. Estamos com problema de salários com seis dias de atraso, isso se deve ao Palmeiras e a época, como acertos com funcionários e décimo terceiro. Logo estará tudo em dia,” disse Busico ao programa Jogo Aberto, da Band.

Sobre os salários de ex-técnicos do clube, Busico foi enfático. “Realmente temos um acordo como Muricy, estamos pagando mensalmente. O Zago (Antônio Carlos) é mesma situação. Foi em função de cláusulas. Temos sim algumas dificuldades, mas não deixaremos de contatar, temos patrocinadores que vão nos ajudar,” concluiu.

Recentemente, Kleber e Marcos Assunção reclamaram da cobrança excessiva do diretor de futebol, Wlademir Pescarmona, em cima das atuações dos jogadores. Os atletas aproveitaram para criticar e exigir que o clube mantenha as obrigações em dia para, então, cobrar atitude.

Comentários

comentários