Palmeiras vence por 3 a 1 e alcança a liderança do Paulistão ao lado do Santos.

Felipão ensaiou um time no 4-4-2, mas voltou ao 4-3-3. Luan numa ponta, Dinei na outra e Kléber no meio fazendo uma ligação junto com Tinga. O Paulista, por sua vez, não ficou na defensiva e partiu para o ataque, cedendo grandes espaços para o Verdão, que aproveitou.

O atacante Luan teve papel importante na primeira etapa.

Curiosamente, grande parte das boas chances do Palmeiras partiram dos seus pés e da sua velocidade. Mas quem abriu o placar foi Marcos Assunção. Kléber sofreu falta na meia direita. Assunção bateu colocado no canto. A bola subiu da barreira, desceu, e o goleiro tentou tirar, mas jogou nas redes.

O gol não sossegou o Palmeiras, que queria mais. E conseguiu: Kléber recebeu bola torta na área, dominou com a direita e soltou a bomba com a esquerda. A bola foi no meio do gol, indefensável. 2 a 0.

O Palmeiras desceu para o intervalo com boa vantagem. No retorno, sem alterações, o Palmeiras continuou com o padrão tático. O Paulista tentava a ofensiva, deixando mais e mais espaços. O panorama do jogo era de goleada.

Aos 15 minutos, aproveitando o ensejo, Felipão colocou Patrick no lugar de Dinei. Cicinho começou jogada pela direita e tocou para Patrick, na entrada da área. Dando pinta de que devolveria a bola para Cicinho, Patrick surpreendeu: se virou para o gol e acertou uma paulada colocada no canto direito do goleiro: 3 a 0.

No final da partida, bola na área e Maurício Ramos, sem querer, fez gol contra. O resultado de 3 a 1 deixou o Palmeiras na vice liderança.

O próximo confronto será contra a Portuguesa, no estádio do Canindé, neste domingo, 17h.

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 27 de janeiro de 2011, quinta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Renda: R$ 190.452,00
Público: 6.353 espectadores
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Giulliano Neri Colisse e Fabio Rogério Baesteiro
Assistentes adicionais: Philippe Lombard e Marcelo Rogério
Cartões amarelos: Kleber (Palmeiras); Baiano e Bruno Formigoni (Paulista)
Gols:
PALMEIRAS:
Marcos Assunção, aos 19, Kleber, aos 43 minutos do primeiro tempo; Patrik, aos 21 minutos do segundo tempo.

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Danilo e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção (João Vitor), Tinga (Vitor) e Luan; Kleber e Dinei (Patrik)
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

PAULISTA: Cristiano; Eli Sabiá, João Paulo e Cléber (Fabiano); Bruno Formigoni, Fábio Gomes, Baiano (Felipe Pinto), Rone Dias e Marquinhos; Barboza (Carlão) e Hernane
Técnico: Fernando Diniz.

Comentários

comentários