Verdão não dá chance para o Atlético, vence por 2 a 0 e tem excelente estreia de Maikon Leite vestindo a camisa palestrina. E com gol!

Com muita sobre e finalmente jogando bem, o Palmeiras impôs seu ritmo no Canindé e venceu com propriedade o Atlético-GO, que nos venceu três vezes no ano passado. Em uma das oportunidades, eliminou o Palmeiras da Copa do Brasil.

O Palmeiras começou muito melhor que o Atlético. Tocando bola e explorando bastante o lado direito, com o inspirado Cicinho, o time conseguia evolui e chegar ao ataque. Maikon Leite se movimentando bastante e WP9 como um típico camisa 9, só aguardando para guardar.

Márcio Araújo também teve atuação impecável. Dando volume de jogo para o Verdão, o volante foi responsável direto pela arquitetura do primeiro tento: ele correu pelo meio, abriu espaços e tocou para trás. Maikon Leite, inteligente, mandou colocado no canto: golaço no Canindé!

Pouco depois, Gabriel Silva explorou a esquerda, com velocidade, entrou na área e foi derrubado. Pênalti. Sem Kleber, o cobrador oficial, Assunção bateu com uma enorme dose de violência, ampliando o placar e levando os 11 mil palestrinos à loucura.

Com a vantagem, o Palmeiras tocava mais a bola esperando o tempo passar. Na segunda etapa, PC Gusmão fez duas substituições: mexeu na lateral e trocou Marcão por Juninho, velocista. Enfim, os goianos queriam atacar o Palmeiras e a postura do jogo poderia se alterar.

Felipão ainda promoveu a entrada de Tinga, Chico e Adriano. Sem pretenções, claro. E o Palmeiras continuava pressionando o Atlético. No final, Bida bateu falta com perfeição e Marcos só resvalou o suficiente para bater no travessão. E foi só.

A vitória levou o Palmeiras para a terceira colocação no Campeonato, dois pontos do líder, que tem um jogo a menos (e jogará contra o Santos, fora de casa). O próximo compromisso do Verdão será diante do América-MG, na próxima quarta-feira, em Sete Lagoas. Não teremos rodada do Brasileiro no final de semana: começa a Copa América com estreia da seleção brasileira diante da Venezuela.

FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 2 X 0 ATLÉTICO-GO

Estádio: Canindé, São Paulo (SP)
Data/hora: 30/6/2011 – 19h30
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Erich Bandeira (PE) e Wilton Lins da Silva (PE)
Renda/público: R$ 242.709,00 e 9.450 pagantes
Cartões amarelos: Luan, Tinga (PAL) e Bida, Rafael Cruz (ATL)
Cartões vermelhos:
GOLS: Maikon Leite, 27’/1°T (1-0); Marcos Assunção, 34’/1°T (2-0)

PALMEIRAS: Marcos, Cicinho, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção (Chico, 38’/2°T) e Lincoln (Tinga, 10’/2°T); Maikon Leite (Adriano, 36’/2°T), Luan e Wellington Paulista. Técnico: Felipão.

ATLÉTICO-GO: Márcio, Adriano (Rafael Cruz, intervalo), Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Bida e Vítor Júnior (Élvis, 18’/2°T); Marcão (Juninho, intervalo) e Anselmo. Técnico: Paulo César Gusmão.

Comentários

comentários