Palmeiras “faz três gols”, mas concede dois para o rival e acaba perdendo a invencibilidade e a liderança.

Por Thiago Gomes

O Palmeiras perdeu o clássico para o Corinthians neste domingo, no Pacaembú, por 2 a 1. O time alvinegro ganhou de presente dois gols do Palmeiras, em duas falhas consecutivas de Márcio Araújo.

O jogo

Valdívia não tem boa exibição diante do Corinthians. Fonte: Lance!

Os palmeirenses entraram em campo com camisas homenageando Chico Anysio. Cada atleta veio com nome de algum personagem do ator. Anysio era palmeirense e faleceu aos 80 anos, sexta-feira, no Rio de Janeiro.

Sem Daniel Carvalho, Felipão deixou Valdívia, João Vitor, Marcos Assunção e Márcio Araújo no miolo central. O chileno era o principal responsável pela armação. O Verdão começou o jogo bem, trocando passes com consistência e assustando o rival. Até os 15 minutos, Assunção assustou pelo menos três vezes. Barcos teve a chance sozinho de cabeça, mas perdeu.

Aos 17, Assunção veio pela meia e os marcadores corintianos abriram. Ele arriscou, a bola tocou nas costas de Leandro Castán e caiu dentro das redes. Um golaço palmeirense no dérby. 1 a 0.

Aos 23, Líedson entrou com o pé alto em cima de Deola, e só recebeu amarelo. Na sequência, Chicão deu entrada criminosa em Barcos, e também foi advertido somente com amarelo. Até esse momento, o Corinthians pouco assustava e o Palmeiras manteve a sua regularidade.

O Palmeiras voltou sem alterações para a segunda etapa, assim como o rival. Mas os jogadores do Verdão entraram apagados e permitiram em dois lances a virada corintiana. Aos 3, Jorge Henrique cobrou falta, a bola passou por todo mundo e acertou Márcio Araújo. Paulinho aproveitou e chutou, empatando. 1 a 1.

No lance seguinte, de novo bola na área palmeirense. E desta vez o volante palmeirense desviou contra a própria pátria, matando Deola. 2 a 1 Corinthians.

O time não absorveu a virada, e o rival começou a jogar somente nos contra-ataques. Com inteligência, os corintianos seguraram a posse de bola. Valdívia teve grande chance ao entrar na área e chutar por cima de Júlio César. Felipão colocou Ricardo Bueno no lugar de Maikon Leite, que não gostou de ter saído. Depois sacou João Vitor para a entrada de Pedro Carmona. Mas as alterações não surtiram o efeito desejado e o Verdão foi derrotado no Pacaembú.

O próximo confronto do Palmeiras será contra o Paulista, em Jundiaí.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 X 1 PALMEIRAS

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/Hora: 25/3/2012 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Rogério (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Renda/Público: R$ 902.189,00 /  29.284 pagantes
Cartões Amarelos: Liedson, Chicão, Emerson e Gilsinho (COR), Márcio Araújo, Henrique, Marcos Assunção e Ricardo Bueno (PAL)
Cartões Vermelhos: –
GOLS: Marcos Assunção, 17’/1ºT (0-1); Paulinho, 3’/2ºT (1-1) e Márcio Araújo, 6’/2ºT (2-1) (contra)

CORINTHIANS: Julio Cesar; Edenilson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Emerson; Danilo (Douglas, aos 43’/2ºT), Jorge Henrique (Gilsinho, aos 39’/2ºT) e Liedson (Elton, aos 43’/2ºT). Técnico: Tite

PALMEIRAS: Deola; Cicinho (Pedro Carmona, aos 24’/2ºT), Leandro Amaro, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vitor (Artur, aos 36’/2ºT) e Valdivia; Maikon Leite (Ricardo Bueno, aos 9’/2ºT) e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Comentários

comentários