O diretor de futebol do Palmeiras, Wlademir Pescarmona, confirmou que o clube tem uma dívida com Lincoln. O valor não foi divulgado, mas gira em torno de R$ 2,3 milhões.

Questionado sobre a dívida, Pescarmona disse que o clube não enfrenta bons momentos financeiros, mas que fará de tudo para acertar os débitos com o atleta. “Nós estamos pagando a segunda parcela atrasada do Lincoln esse mês. Agora em outubro vamos negociar com ele o restante dos valores. Mas todo mundo sabe que o Palmeiras está sem caixa, não tem por que esconder. Vamos ver isso com calma,” disse.

Lincoln chegou a apresentar uma carta para a diretoria de futebol do Palmeiras, cerca de três meses atrás, solicitando que os débitos fossem quitados o mais rápido possível.

O jogador entrou como titular contra o Corinthians e não teve uma boa atuação, apagando em campo.

Comentários

comentários