Diretoria do Catanduvense cobrará exorbitantes R$ 80,00 dos palmeirenses, que ficarão alocados nas arquibancas descobertas, em Catanduva. 

O Campeonato Paulista já perdeu boa parte do seu prestígio ao longo do tempo. Basta o torcedor comparar a popularidade do Campeonato, por exemplo, de 1993 com a versão de 2012. Estádios pouco cheios, ingressos caros e problemas sérios de transportes impedem o torcedor de acompanhar seu time do coração.

No próximo final de semana, o Verdão enfrenta o estreante Catanduvense, pela terceira rodada do Estadual. Mas o palmeirense que quiser acompanhar a equipe no interior terá que desembolsar R$ 80,00 para ficar na arquibancada. O presidente da Catanduvense, Valmor Peruzzo, dedicou o valor exorbitante aos excessivos compromissos financeiros que a pequena equipe do interior terá que arcar ao longo do campeonato.

“Se não for assim, não dá para fazer um time competitivo no campeonato. Este não é um jogo normal, é um jogo diferente, por isso precisa ser mais caro. Mesmo com esse valor, tenho certeza de que o estádio vai lotar,” disse Peruzzo. Peruzzo completou que apenas a partida contra o Palmeiras será disputada nos domínios do clube. Contra Corinthians, Santos e São Paulo, a partida será na capital.

“Se tivéssemos dois jogos em casa seria mais barato, não tenha dúvida. Como só teremos uma partida, o jeito foi aumentar um pouco mais. O torcedor sabe que precisa ajudar o clube e vai entender este valor,” concluiu.

Comentários

comentários