Os jogadores e comissão técnica da SE Palmeiras, comemoram a conquista do Campeonato Brasileiro, após jogo contra a equipe do CR Vasco da Gama, durante partida valida pela trigésima sétima rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, no Estádio São Januário.

O Palmeiras tem pelo menos três times para a disputa dos campeonatos de 2019. Até agora nenhum atleta deixou o clube e cinco reforços foram confirmados.

Com o planejamento extremamente adiantado, ainda assim o clube sente falta de alguns nomes. Pelo menos dois zagueiros e um centroavante de qualidade e que chegue para entrar na vaga, ou pelo menos disputar a titularidade.

Em entrevista, Leila Pereira, presidente da Crefisa, atual patrocinadora do Verdão, garantiu que pode ajudar na aquisição de novos nomes, porém com a condição de ter assinado os aditivos conforme aprovação do Conselho Deliberativo.

“É possível ajudar na aquisição de jogadores, mas com este novo modelo dos aditivos. Adquirimos o jogador e depois o clube devolve, como aprovado pelo conselho.”

“O que estiver ao meu alcance, vou fazer. Mas aqui os valores não são ilimitados. Se for possível ajudar, sem dúvida vamos continuar colaborando. A oposição pode gritar, mas queremos um Palmeiras vencedor. E sem os aditivos, o Palmeiras não seria campeão. Só ver os jogadores de destaque e os gols que eles fizeram. Foram os jogadores dos aditivos. Isto me dá muito orgulho. O meu foco é o Palmeiras vencedor”, adicionou.

Após denúncias, a financeira foi multada em R$ 30 milhões pela Receita Federal. Qualquer contratação feita precisa ser repassada ao clube com aditivo de empréstimo. Ou seja, o Palmeiras se compromete a devolver os valores totais no futuro para a empresa.

  Palmeiras: Mano fala sobre a vitória contra a Chapecoense