Nervoso com o absurdo cometido pelo juiz Marcelo de Lima Henrique, sem vergonha, safado e pilantra, o diretor de futebol do Palmeiras, Waldemir Pescarmona, prometeu acionar a Conmebol e o departamento jurídico do Palmeiras assim que chegar a São Paulo.

“Isso foi uma brincadeira! Com certeza, vamos fazer um protesto veemente na Conmebol. Chegando em São Paulo, vou acionar o departamento jurídico,” revelou Pescarmona.

“Quero que o árbitro seja punido pelo que fez em campo,” completo Pescarmona, extremamente nervoso com a proeza do árbitro sem vergonha.

Comentários

comentários