Verdão encara Atlético-PR em um dos jogos mais complicados do campeonato Brasileiro

Em ritmo de preparação para enfrentar o Atlético Mineiro na Sulamericana, o Palmeiras tem um jogo duríssimo pelo Brasileiro: o Atlético-PR. No primeiro turno, o Verdão venceu com facilidade os paranaenses por 2 a 0. Porém, depois daquela partida, os paranaenses foram derrotados apenas três vezes no campeonato e hoje estão com o mesmo número de pontos do Palmeiras.

Com a saída do técnico Paulo César Carpegiani, que foi para o São Paulo, a equipe declinou no campeonato e hoje não consegue manter certa regularidade. Felipão sabe da capacidade ofensiva do Atlético e principalmente da força das bolas paradas de Paulo Baier. Maykon Leite, ex-Santos, e Branquinho, ex-Santo André, são desfalques da equipe paranaense para a partida.

Já o Palmeiras não conta com Valdívia (se recuperando de uma fibrose), Kleber (suspenso), Marcos (retornando de contusão). Além dos três desfalques, Dinei também não deve enfrentar os paranaenses, já que uma cláusula contratual impede o atacante de atuar.

Felipão já confirmou que a dupla de ataque será Tadeu e Luan. Com Deola no gol, o time deve entrar da seguinte forma: Deola; Marcio Araujo, Danilo, Fabrício e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Tinga, Luan e Lincoln; Tadeu.

Um aperitivo à mais para a partida ainda é o caso Danilo x Manoel. O palmeirense ofendeu o zagueiro paranaense em jogo válido pela Copa do Brasil. Danilo cometeu um ato racista e sempre que volta à Arena é vaiado. Porém, no jogo de volta quando o Palmeiras eliminou o Atlético, apesar de vaiado, Danilo foi o melhor jogador em campo e saiu com a vaga da Arena.

Comentários

comentários