Palmeiras tem duelo decisivo contra o Atlético para avançar às semifinais da Copa Sulamericana

O cenário é ideal: torcida comprando todos os ingressos, técnico copeiro e time motivado. É esse o clima do Palmeiras que enfrentará o Atlético Mineiro, pelo segundo jogo das quartas-de-final da Copa Sulamericana.

No primeiro confronto, empate em 1 a 1 e muita polêmica. Pênalti em Lincoln que o juiz mandou voltar. O detalhe é que o meia palmeirense já tinha colocado a bola na cal, mas o bandeirinha recebeu informação de um repórter de que no lance anterior Lincoln estava impedido. Henrique Lima decidiu retomar e voltar atrás. O gol dos mineiros também foi motivo de revolta: Márcio Araújo nada fez. Obina despencou e o juiz assinalou pênalti, convertido por Obina.

Para a decisão, Felipão poderá contar com Valdívia, já liberado pelo departamento médico. Com isso, o técnico palestrino só terá o desfalque do goleiro Marcos. Kleber deve ser o destaque no ataque palmeirense.

Já o Atlético deve mandar uma equipe com onze reservas. Dorival Jr, técnico mineiro, vai resguardar seus atletas para o confronto do final de semana diante do Flamengo, pelo Brasileirão. O Atlético figura entre os possíveis rebaixados para a Série B em 2011. Além de escalar uma equipe de reservas, Dorival tem sérios problemas de jogadores contundidos. Ficaram em Belo Horizonte, no departamento médico: o volante Zé Luís, os meias Daniel Carvalho, Diego Souza e Ricardinho.

O Atlético deve vim a campo com: Jairo Campos, Cáceres e Lima; Diego Macedo, Alê, Fabiano, Edison Méndez e Fernandinho; Neto Berola e Ricardo Bueno.

O Palmeiras terá a chance de chegar pela primeira vez as semifinais da Copa Sulamericana. Caso elimine o Atlético, o Verdão poderá encarar Goiás ou Avaí. Passando de um dos brasileiros, o time alviverde estará em uma final continental depois de 10 anos.

Comentários

comentários